A osteoporose, que literalmente significa osso poroso, é uma doença na qual a densidade e a qualidade do osso estão reduzidas. Atinge cerca de 2 milhões de pessoas por ano no Brasil, sendo que 80% dos casos são em idosos ou em mulheres na menopausa.

À medida que os ossos se tornam mais porosos e frágeis, o risco de fratura aumenta consideravelmente, especialmente no quadril, da costela e colo do fêmur. A perda óssea ocorre silenciosa e progressivamente. Muitas vezes, não há sintomas até a primeira fratura ocorrer.

Prevenção:
Você pode ajudar a prevenir a osteoporose, levando um estilo de vida saudável em todas as fases da vida. A prevenção deve começar na infância, pois uma dieta saudável aliada a exercícios ajudam as crianças a garantir a formação da maior massa óssea possível. Quanto mais massa óssea você tiver quando atingir a idade adulta, menor a probabilidade de ter ossos fracos e quebráveis com a idade mais avançada. Para as mulheres, a prevenção precoce é especialmente importante. Pois, na pós menopausa ocorre uma rápida perda óssea, por volta dos 50 anos.

Como prevenir na idade adulta?

  • Garanta uma dieta saudável que inclua cálcio e proteínas suficientes.
  • Consuma vitamina D suficiente.
  • Mantenha um peso corporal saudável, pois ser muito magro é prejudicial à saúde dos ossos.
  • Mantenha-se ativo.
  • Evite fumar e beber muito.

Tratamento:
Infelizmente a doença não tem cura, mas pode ser controlada evitando a progressão para fases mas severas evitando desta forma a mais temível das fraturas que é a fratura do quadril . Como a osteoporose pode ter diferentes causas, é indispensável determinar o que provocou a condição, antes de propor o tratamento, que deve ter por objetivo evitar fraturas, diminuir a dor, quando existe, e manter a função. Podem ser utilizados medicamentos, suplementação de cálcio, terapia de reposição de estrogênio e fisioterapia para fortalecimento muscular.